“Viver e não ter a vergonha de ser feliz. Cantar a beleza de ser um eterno aprendiz.”

O tempo passa muito rápido. Hoje completamos três meses na terra do Tio Sam. Foram tantos aprendizados, alegrias, saudades, frustrações e superações, que parece ter passado mais de um ano. Cada dia é tão intenso, que equivale, muitas vezes, a uma semana. Como Gonzaguinha divinamente disse na música “O que é o que é”, não devemos ter vergonha da felicidade e devemos ser humildes para aceitar que somos eternos aprendizes nesta vida. Aprender certamente foi o que mais fiz nesses últimos tempos. Por isso, para cada dia que passamos aqui, listei um hábito da cultura dos americanos que vivem em San Diego e que me fizeram ter uma nova visão das coisas.

Eu fico com a pureza das respostas das crianças:
É a vida! É bonita e é bonita!
Viver e não ter a vergonha de ser feliz,
Cantar,
A beleza de ser um eterno aprendiz
Eu sei
Que a vida devia ser bem melhor e será,
Mas isso não impede que eu repita:
É bonita, é bonita e é bonita!

  1. Os carros param para os pedestres que atravessam na faixa de segurança.
  2. Não atravesse fora da faixa de segurança. Você pode levar uma advertência da polícia ou até uma multa.
  3. Existem faixas para pedestres em todos os lugares.
  4. O trânsito em San Diego não é caótico (se você for pra Los Angeles certamente vai se sentir em São Paulo). Os motoristas só buzinam quando realmente é necessário.
  5. Existe cordialidade no trânsito. Os outros motoristas deixam você passar na frente quando necessário.
  6. Na freeway, se você estiver com um passageiro no carro, pode andar na via expressa, a qual possui menos fluxo que as demais. Ou seja, você “ganha” essa vantagem se estiver fazendo rodízio com seus colegas de trabalho, por exemplo.
  7. Os pedágios são muito diferentes. Os carros não precisam parar, existe uma câmera que registra sua placa e dentro de alguns dias você recebe em casa o boleto para pagar a taxa.
  8. Carros são muito baratos e fáceis de serem comprados por aqui.
  9. Os americanos usam o carro pra TUDO. Dificilmente você vê americanos caminhando. Eles realmente dirigem de uma quadra a outra se for preciso.
  10. Como o carro é praticamente a sua casa, é muito comum você ver americanos almoçando no carro, se maquiando, tomando café, etc. Inclusive, já vi várias pessoas que carregam MUITAS coisas dentro do carro.
  11. A gasolina é muito barata.
  12. Não existem guardadores de carro por aqui.
  13. É muito comum encontrar carros com chave na iguinição, com os vidros abertos ou com as portas destrancadas.
  14. Existem vários estacionamentos públicos em que você estacionada e por conta própria paga o seu ticket. Claro que, se você não pagar e passar a fiscalização, seu carro será guinchado. O mesmo vale para os paquímetros.
  15. Têm calçadas em todos os lugares, ou seja, você pode caminhar ou andar de bicicleta sem medo.
  16. Se você está de bike, os motoristas respeitam a sua opção. Inclusive existem pistas em que o ciclista tem a preferência.
  17. O transporte público é muito bom, porém restrito já que a maioria das pessoas têm carro.
  18. Tudo é self-service: posto de gasolina, trolley, supermercado e lojas de materiais de construção ou móveis (nesses três últimos casos existem alguns caixas com pessoas atendendo).
  19. Em lojas de materiais de construção, como Home Depot, ou de móveis, como Ikea, você mesmo que passa pelas prateleiras pegando o que precisa e leva pra casa. A maioria das lojas não faz entrega e, quando faz, cobra caro por isso.
  20. Como é caro o serviço de entrega, existem empresas que alugam mini caminhões de mudança para as pessoas carregarem seus móveis/materiais de construção da loja para a sua casa.
  21. Quando você compra móveis em lojas mais baratas, você mesmo que deve montá-los em sua casa. Isso é muito comum por aqui.
  22. A burocracia para alugar um carro ou um apartamento é mínima. Nada comparado com o Brasil.
  23. Buffet não é uma coisa comum, mas é um dos únicos lugares que você não precisa pagar gorjeta.
  24. Comprar “bobagens” (salgadinho, bolacha recheada, chocolate, bolos, etc.) no supermercado é MUITO mais barato do que comprar alimentos saudáveis (frutas, legumes, sucos, pães integrais, etc.).
  25. Ao mesmo tempo, existem diversos supermercados que vendem alimentos mais saudáveis e não possuem preço muito superior aos supermercados comuns.
  26. A maioria dos cardápios possui opções de pratos para vegetarianos e veganos.
  27. A comida é barata. Claro que existem restaurantes caros, mas em geral os preços são bem acessíveis. Porém, mesmo assim os americanos acham caro.
  28. No cinema você que serve a sua bebida e coloca manteiga na sua pipoca.
  29. O almoço é reduzido a lanches, principalmente hamburgues e tacos. Se você quer comida de verdade, precisa procurar bastante ou fazer em casa.
  30. Inclusive é muito comum os americanos levarem comida feita em casa para o trabalho (a famosa marmita).

E a vida? E a vida o que é, diga lá, meu irmão?
Ela é a batida de um coração?
Ela é uma doce ilusão?
Mas e a vida? Ela é maravilha ou é sofrimento?
Ela é alegria ou lamento?
O que é? O que é, meu irmão?

  1. Os restaurantes não cobram água caso você peça.
  2. O drive-thru é muito comum aqui. Todos os fast-foods com drive-thru têm mais movimento que o interior do restaurante. Até algumas farmácias têm drive-thru.
  3. A palavra grande significa gigante. Ex.: se você for na Starbucks e pedir um café grande, virá praticamente um balde de café.
  4. A pimenta é muito comum em todos os cardápios e existem molhos apimentados de todos os tipos.
  5. Na maioria das vezes você não precisa pedir a conta, ela vem logo depois que você termina sua refeição.
  6. Os americanos gostam de jantar cedo. Por isso, muitos restaurantes fecham às 9h.
  7. Você que calcula a gorjeta nos restaurantes e escolhe se quer pagar junto no cartão ou separadamente em dinheiro.
  8. Você não encontra massa de pastel nos supermercados.
  9. Leite condensado, creme de leite, batata palha e requeijão são itens não muito comuns e possuem diferentes aspectos por aqui.
  10. Muitas lojas oferecem cupons de desconto em todas as compras. Como a concorrência é grande, os programas de fidelidade são muito comuns.
  11. A maioria das lojas abre no domingo.
  12. Os atendentes perguntam se você precisa de ajuda logo que você entra na loja e depois dão todo espaço do mundo para você olhar as coisas.
  13. Dificilmente você vai encontrar um item sem preço. Seja no supermercado, em uma loja de roupas, na farmácia, no site do salão de beleza, enfim, tudo é precificado.
  14. O preço que está na etiqueta é o valor final e ponto. Americanos não ficam negociando desconto como no Brasil. Ou você tem um cupom de desconto ou vai pagar o valor da etiqueta. Ponto final.
  15. Se você não gostou de um produto, você tem uma semana para ir na loja e pedir seu dinheiro de volta sem dar muitas explicações.
  16. Quando você troca um produto, você pode escolher entre seu dinheiro de volta ou ganhar um vale para comprar outros itens na loja.
  17. É comum você receber seu dinheiro de volta através de cheques que são enviados pelos correios.
  18. Se você fez alguma compra on-line, geralmente em menos de uma semana recebe o produto em casa.
  19. As entregas das compras on-line geralmente são deixadas na frente da porta da sua casa, mesmo se você não estiver em casa.
  20. Os shoppings não cobram estacionamento.
  21. Tudo é muito prático. Dificilmente você encontra balde ou pano de chão. Aqui se usa o mop, que é um rodo com um pano descartável.
  22. Os americanos não se preocupam muito com limpeza, geralmente fazem apenas a limpeza básica da casa usando seus produtos e acessórios automáticos. Tanto é que as faxineiras brasileiras ganham muito dinheiro por aqui, pois são conhecidas por realmente colocarem uma casa abaixo e deixar tudo tinindo de limpo.
  23. Por todo serviço prestado é preciso pagar gorjeta de 10% a 15%, inclusive no salão de beleza.
  24. Todo tipo de serviço é caro. Desde um encanador até uma manicure.
  25. Como o serviço é caro, muitas mulheres acabam fazendo em casa coisas como unhas, hidratação no cabelo e depilação. Por esse mesmo motivo, existe muitos bons produtos à venda e com preços acessíveis.
  26. Do mesmo modo, muitas americanas não têm empregadas e fazem elas mesmas a limpeza da casa (lembrando que esse serviço também é caro). Por isso, existem produtos de limpeza milagrosos e baratos, assim como robôs que limpam a casa.
  27. Aqui as pessoas andam bem à vontade. Não existe a preocupação de estar arrumado para ir ao shopping, ao cinema ou à praia. Se você ver uma mulher muito bem arrumada, na maioria das vezes ela é oriental, européia (geralmente francesas e espanholas) ou brasileira.
  28. Os americanos são muito amigáveis. Eles adoram conversar.
  29. Muitos americanos têm animais de estimação, principalmente cachorros.
  30. Os pets são praticamente filhos para os americanos. É muito comum ver cachorros nas praias, nos supermercados, em restaurantes e até em serviços públicos.

Há quem fale que a vida da gente é um nada no mundo,
É uma gota, é um tempo
Que nem dá um segundo,
Há quem fale que é um divino mistério profundo,
É o sopro do criador numa atitude repleta de amor.
Você diz que é luta e prazer,
Ele diz que a vida é viver

  1. A maioria dos apartamentos alugados cobram uma taxa extra mensal para quem tem pet.
  2. Existem muitos mendigos em San Diego devido ao clima.
  3. Os mendigos são muito educados. Dificilmente eles abordam você. A maioria usa um pedaço de papelão dizendo que precisa de dinheiro.
  4. O voluntariado é muito comum por aqui. Existem muitas vagas de voluntariado em escolas, bibliotecas, parques e ONGs.
  5. É proibido beber bebidas alcóolicas em locais públicos, como na praia, por exemplo.
  6. Na beira da praia é comum encontrar diversas quadras de vôlei gratuitas paras as pessoas jogarem.
  7. Existem diversas pistas de skates e elas são muito bem conservadas.
  8. As festas acabam cedo. Às 2h as luzes são acessas e as pessoas são mandadas embora.
  9. É permitido vender bebidas alcóolicas em estádios, espetáculos e shows.
  10. Sempre que você compra bebida alcóolica, precisa mostrar sua identidade.
  11. As festas americanas nas casas das pessoas geralmente são muito práticas: você leva uma coisa para comer e beber e a dona da casa também serve comidas prontas, geralmente legumes com algum molho ou tortas prontas.
  12. Os americanos não perdem horas na cozinha pra fazer uma janta pros seus convidados.
  13. Quando os americanos dão tchau, eles realmente vão embora.
  14. Ao expressar suas opiniões, você precisa ser bastante direto. Os americanos são muito objetivos.
  15. Não existe jeitinho pra nada. É tudo preto no branco. Aceite e siga as regas. Esqueça o jeitinho brasileiro.
  16. Horários devem ser respeitados. Se você chegou 1 minuto depois do que foi marcado, você está realmente atrasado.
  17. Os americanos não gostam de falar muito perto das pessoas, tampouco que sejam tocados durante a conversa.
  18. Respeite o espaço alheio. Se você está no elevador e existe espaço vago, mantenha uma certa distância das pessoas.
  19. Para os americanos é importante saber de onde você é e o que você faz. Mesmo que você seja “só” estudante, para eles isso é muito valorizado, pois significa que você está se qualificando para o mercado de trabalho.
  20. Os americanos comprimentam você e continuam andando. Eles estão sempre correndo.
  21. Todas as filas são respeitadas.
  22. Lojas de usados são muito comuns. Aqui as pessoas não se importam muito em ter em casa móveis e roupas usadas.
  23. Existem containers em algumas calçadas para você fazer doação das coisas que não usa mais ou você simplesmente pode colocá-las na frente da sua casa.
  24. Inclusive existem sites para você publicar os objetos que está doando e anunciar para as pessoas.
  25. É muito comum encontrar bazar no jardim das casas, principalmente nos finais de semana.
  26. Viajar dentro do país é barato.
  27. É bastante comum as pessoas fazerem trip de carro ou alugar um motor room e viajar com a família.
  28. Os americanos são extremamente educados. Eles pedem com licença, desculpa e obrigado para tudo.
  29. Existem muitos programas de auditório e de debate na televisão.
  30. 60% dos comerciais são de comida, 20% de carros, 10% de produtos para emagrecer e 10% sobre outros assuntos.

Somos nós que fazemos a vida
Como der, ou puder, ou quiser,
Sempre desejada por mais que esteja errada,
Ninguém quer a morte, só saúde e sorte,
E a pergunta roda, e a cabeça agita.

Agora, aguado os próximos 90 dias. Certamente muitos novos aprendizados virão 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s