“Fuscão preto você é feito de aço. Fez o meu peito em pedaço”

Se tem uma coisa que é fácil comprar nos Estados Unidos é um carro. Logo que cheguei, não pude acreditar que era possível comprar um carro pagando menos de $1500. Claro que estou falando de carros mais velhos, mas numa cidade onde o transporte público deixa a desejar como San Diego, ter carro é uma necessidade. E se você tiver dinheiro, com $20 mil compra um carro novinho e completo. Quando você compara os preços com os do Brasil, fica chocado. O mesmo carro que você compra aqui , vale umas três vezes mais no Brasil.

A facilidade de comprar um carro também assusta. Existem inúmeras concessionárias e dealers que vendem carros usados. Muitas pessoas que querem vender direto, acabam anunciando em sites como Craigslist (tipo um OLX) e comunidades do Facebook. Também existem brasileiros cujo trabalho é comprar e revender carros usados para outros brasileiros.

Para comprar um carro parcelado em uma concessionária ou dealer, você precisa ter conta bancária, comprovante de renda e histórico de crédito nos Estados Unidos. Quanto melhor o seu histórico de crédito, mais baixa será a sua prestação. Como muitos brasileiros acabam vindo para cá com visto de estudante, a saída é comprar o carro à vista ou fazer o processo através de um “despachante” brasileiro, que irá cobrar juros bem mais altos pelas prestações.

Como a maioria dos brasileiros, eu acabei comprando o meu Beetle usado de outro brasileiro. O processo foi muito rápido e fácil. Eu apenas fiz o test drive, paguei e passei o carro para o meu nome. O meu erro: não ter levado o carro a um mecânico de confiança para avaliar a situação dele e ter confiado apenas na palavra do vendedor.

Os primeiros seis meses com o carro foram perfeitos. Eu não tive nenhum problema. Depois de um tempo, apareceu uma luz no painel indicando problema no motor. Fui em um mecânico brasileiro e ele disse que era um problema elétrico comum nos Volkswagens mais velhos e que aparentemente era só resetar a luz do painel. Resetei a luz, mas depois de um tempo ela voltou. Voltei no mecânico e ele disse para eu ir em outro lugar, pois ele não prestava serviços para carros alemães, já que as peças eram muito caras por aqui. Foi aí que aprendi mais uma lição: se você for comprar um carro usado nos Estados Unidos, dê preferência para os carros da Toyota e da Honda, pois eles são os que menos dão problemas ao longo dos anos e as peças são baratas e fáceis de serem encontradas por aqui.

Dirigi por mais um tempo e o carro começou a falhar. Primeiro tive problemas com os freios, depois algumas outras luzes começaram a aparecer no painel, às vezes ele não ligava ou parava de funcionar do nada… Foi então que decidi vendê-lo.

Para vender um carro por aqui, você precisa passar no “smog”, que é uma avaliação que leva em conta uma lista de coisas que devem estar 100% no carro. Levei um tempo procurando um lugar de confiança para fazer o teste. Encontrei uma oficina autorizada perto de casa que cobrava $75 (um peço justo para o serviço que varia entre $55 a $100). O carro não passou no teste. Tive que trocar a mangueira do radiador e resetar as luzes do painel. Voltei e o carro não passou no teste de novo. Como você tem até 30 dias para corrigir os erros e repetir o teste pagando apenas uma taxa de $10 a $20, resolvi levar o Beetle em outro mecânico na esperança de resolver o problema.

Fuscão preto com o seu ronco maldito
Meu castelo tão bonito
Você fez desmoronar…

Entrei em contato com o vendedor relatando o problema e ele disse que isso nunca tinha acontecido com o carro antes e me indicou um mecânico mexicano chamado Jesus. Que grande erro! Só perdi tempo e dinheiro, e acabei perdendo meu prazo no teste do smog. O mecânico estragou ainda mais o carro e no final disse que era preciso trocar muitas peças.

Nesse meio tempo, a chave do carro quebrou. O vendedor não me entregou uma chave reserva e eu descobri que uma cópia custava $265 (liguei para diversos lugares e alguns cobravam até mais). Como me recusei a pagar esse valor, acabei descobrindo que um chaveiro mexicano localizado em uma feirinha de San Diego (Kobey’s) conseguiria fazer uma gambiarra na chave por $65.

Finalmente fui em um mecânico americano (Tony) indicado por pessoas de confiança e ele me deu a real na hora: “vende este carro e acabe com a sua dor de cabeça”. O carro estava tão ferrado, que eu consegui $800 por ele no Craigslist. Ou seja, 1/4 do valor que paguei por ele, sem contar o valor pago aos mecânicos, peças, etc.

Fuscão preto você é feito de aço
Fez o meu peito em pedaço
E também aprendeu matar

O Tony também me deu uma dica super importante: como não é possível vender um carro sem o teste do smog, se você quiser vendê-lo para peças, precisa colocar no anúncio que ele não passou no smog, relatar os problemas e dizer que não tem condições de pagar pelo concerto. Após deixar essa descrição bem clara, publique o anúncio e faça screenshots/copias dele e guarde. Se caso acontecer algum problema com o DMV ou com a polícia, você terá a prova de que avisou o vendedor sobre os problemas. Assim que vender o carro, também passe ele imediatamente para o nome do comprador. Entre no site do DMV no mesmo dia e diga que você não é mais o dono (você tem um prazo de até uma semana para fazer isso, mas quanto antes passar o carro para o nome do novo dono, melhor. Imagine se ele receber uma multa nesse meio tempo e ainda estiver no seu nome? Ela virá para você….).

Enfim, se você decidir comprar um carro usado, minha maior dica é: antes de fechar o negócio, leve o carro em um mecânico de confiança e peça para ele fazer uma avaliação. Não confie apenas na palavra do vendedor, pois aqui também tem muita gente vivendo às custas da ingenuidade de quem recém chegou.

Anúncios

Uma opinião sobre ““Fuscão preto você é feito de aço. Fez o meu peito em pedaço”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s